O Destino Campos Gerais do Paraná

Etnia diversificada, marco histórico e belezas naturais envoltas pelo alto desenvolvimento industrial fazem parte da Região

Com mais de 1 milhão de habitantes, os Campos Gerais do Paraná, possui história iniciada pela passagem do tropeiros de Viamão, Rio Grande do Sul, com destino a São Paulo no século XVIII.

No trajeto, o gado se alimentava e os viajantes desvendavam a floresta densa, característica relacionada ao nome da principal cidade, tudo pelo capão de ponta grossa.

Arte do site Quildinha

Ponta Grossa é a cidade referência por possui mais de 350 mil habitantes, segundo o IBGE e o polo industrial mais importante do interior do estado. Marco alcançado através da qualidade da água, solo e logística.

A quarta maior cidade do Paraná possui belezas naturais, históricas e étnicas. Alguns locais possuem destaque, como o Parque Estadual de Vila Velha, sítio arqueológico estudado por diversos pesquisadores pelas suas formações rochosas com milhares de anos. Todo ano, mais de 70 mil visitantes conhecem o local administrado pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

Na cidade ainda é possível viajar no tempo através do Museu Campos Gerais. São 10 mil peças retratando a colonização, os feitos arqueológicos, a moda, a imigração, o tropeirismo, os povos indígenas, a música e os ponta-grossenses da Força Expedicionária Brasileira na 2ª Guerra Mundial.

Também é possível conhecer a evolução das civilizações através do Museu Arqueológico Ciro Flamarion Cardoso. Criado em 2001, o local possui cerca de 1800 peças retratando a Evolução Humana e Pré-História Europeia, a Mesopotâmia, o Egito Antigo, o Mediterrâneo, a América Pré-Colombiana, a Arqueologia Pré-Histórica Brasileira e a Etnologia Brasileira.

São diversas opções de visitação as belezas naturais e históricas, além dos melhores serviços de empresas reconhecidas e certificadas pela excelência do trabalho.

Outros municípios integrantes dos Campos Gerais possuem destaque pela vocação turística, como Carambeí, a 15 km de Ponta Grossa, com 20 mil habitantes.

A cidade possui o Parque Histórico, complexo museal considerado um dos maiores do Brasil para retratar a vida dos colonizadores. É uma viagem até à Holanda antiga através da imersão cultural e experiência sensorial através do estilo de vida dos colonos do século XX.

Um pouco mais longe, cerca de 30 km de Ponta Grossa, está Castro, cidade mãe dos Campos Gerais e segunda mais velha do Paraná. Com 238 anos, o município, conta com população média de 70 mil habitantes e é considerado a “Capital Nacional do Leite”, pela produção média de 180 de litros do produto anualmente.

Em Castro, são diversos atrativos turísticos para encantar os visitantes. Quem deseja conhecer a história da primeira cidade do Paraná pode visitar o museu histórico, que através de fotos e objetos retrata a colonização da cidade.

Também há o Morro do Cristo, local com visão panorâmica do município. A Fazenda Capão Alto também chama atenção por ser um sítio arqueológico com as ruínas de uma capela e das senzalas do período de escravidão.

Um pouco mais longe, 100 km está Tibagi. Conhecido pelo melhor carnaval do Paraná, a “melhor cidadezinha do Brasil” conta com 20 mil habitantes, que diariamente recebem visitantes de todas as partes do mundo no Canyon Guartelá, considerado um dos maiores do mundo, cachoeiras e para praticar os esportes de aventura, como o rafting.

O turismo religioso também possui forte presença na Região. Piraí do Sul é um exemplo. Em dezembro promove a Festa das Brotas, comemoração com cerca de 30 mil pessoas que fideliza o símbolo da cidade, a Nossa Senhora de Brotas, que possui milhares de fieis que vão até seu santuário diariamente. Ponta Grossa também possui destaque no segmento turístico ao ter roteiros de visitação religiosa, como ao Mosteiro da Ressurreição.

A 127 km de Ponta Grossa está Jaguariaíva, outra referência nos Campos Gerais quando falamos em atrativos turísticos. São diversos locais para encantar os visitantes, como o Parque Estadual do Cerrado.

 

Há também o Cânion do Rio Jaguariaíva, considerado o 8º maior do mundo em extensão.

A 127 km de Ponta Grossa está Jaguariaíva, outra referência nos Campos Gerais quando falamos em atrativos turísticos. São diversos locais para encantar os visitantes, como o Parque Estadual do Cerrado.

 

Há também o Cânion do Rio Jaguariaíva, considerado o 8º maior do mundo em extensão.

Os Campos Gerais possuem belezas naturais para quem deseja descansar e fugir da rotina estressante dos grandes centros, para os amantes de esportes de aventura, para os viajantes do tempo e àqueles que desejam fazer uma imersão numa cultura rica e única.

Política de privacidade

© 2020 por Ponta Grossa Campos Gerais Convention & Visitors Bureau

Informações: info@pontagrossacvb.com.br

Conteúdo: Yukê Comunicação